Topo da Página

Boas vindas

Adepe - Associação para o Desenvolvimento de Peniche

A ideia de constituir a ADEPE surgiu em 1994, com a elaboração de um “Plano de Desenvolvimento Local” para Peniche, que as forças vivas da cidade prepararam para apresentar junto da Comissão Europeia como "candidatura espontânea" à Iniciativa Comunitária Pesca (I. C. Pesca), que estava em concepção.

Ler mais

Consulte aqui os ESTATUTOS da ADEPE

Contributos para a construção dos pressupostos e linhas orientadoras da Estratégia de Desenvolvimento Local

Grupo de Ação Local Costeiro Oeste 2030

A ADEPE - Associação para o Desenvolvimento de Peniche, em conjunto com as entidades parceiras do GAL Pesca Oeste 2030, está a iniciar a construção dos pressupostos e linhas orientadoras da EDL para o período 2021-2027.

Enquanto processo participativo, para o qual contribuem todos os que vivem e/ou trabalham no território de intervenção (concelhos de Torres Vedras, Lourinhã, Peniche, Óbidos, Caldas da Rainha, Nazaré, Alcobaça), ao responder a este questionário está a ter um papel ativo na construção da estratégia, identificando desafios, propostas/ideias de iniciativas/projetos estruturantes para o desenvolvimento do território e das comunidades piscatórias/costeiras do Oeste.

O processo agora iniciado decorrerá nos próximos meses e gostaríamos de poder contar com a participação de toda a comunidade. Para o efeito, agradecemos o seu contributo com a resposta a um breve questionário disponível aqui em

Seja um agente ativo do território. O seu contributo é muito importante.
Participe!!

Agradecemos o seu apoio na divulgação desta ação.

ADEPE e os projetos de promoção e desenvolvimento do território

Segundo Webinar Comunicar Adepe 22 out 2022

Convidamo-lo/a a assistir ao 2º webinar "COMUNICAR ADEPE" que promoverá uma apresentação e debate sobre os diversos projetos que, apoiados por Fundos Europeus, têm sido promovidos pela ADEPE - Associação para o Desenvolvimento de Peniche enquanto entidade promotora e/ou parceria, analisando-se o seu impacto no desenvolvimento sócio-económico dos territórios abrangidos.

Este é o 2º Webinar desenvolvido pela ADEPE que, contanto com o apoio do Programa Operacional Assistência Técnica, promove a comunicação e disseminação dos projetos financiados por fundos europeus.

Não perca, faça a sua inscrição!

Logotipo POAT 2020

O papel das Associações de Desenvolvimento Local e Regional na gestão dos fundos (DLBC) e a sua importância para as comunidades

Primeiro Webinar Adepe

A ADEPE – Associação para o Desenvolvimento de Peniche viu recentemente aprovadas duas candidaturas ao Programa Operacional Assistência Técnica, visando a criação e a melhoria de ferramentas de comunicação e disseminação dos projetos financiados por fundos europeus.
As candidaturas “COMUNICAR” incidem sobre a comunicação da própria ADEPE e do GAL Pescas Oeste (Gabinete de Ação Local), dinamizado por aquela entidade. Até fevereiro de 2023, pretende-se criar ferramentas de divulgação dos projetos em curso e realizar várias iniciativas de disseminação do seu impacto no desenvolvimento sócio-económico dos territórios abrangidos.

Quais os projetos e os seus objetivos, os públicos-alvo, as áreas de atividade apoiadas, os resultados atingidos, serão alguns dos elementos a comunicar, no âmbito de uma estratégia que visa melhorar o esforço que já vinha a ser feito pela ADEPE nesta matéria. «É certo que, ao longo do ciclo de execução de cada projeto, a ADEPE desenvolveu diversas ações de comunicação e informação», refere a direção, «mas, considerando o âmbito regional da associação e a transição de quadro de financiamento europeu, importa incrementar os mecanismos e as ferramentas de comunicação para melhor informar as comunidades».

Assim, convidamo-lo/a a assistir ao 1º webinar que, com a presença de órgãos autárquicos regionais e locais, federações e associações de cúpula e dirigentes de associações de desenvolvimento local, abordará o papel das Associações de Desenvolvimento Local e Regional da gestão de fundos comunitários, como é o caso da metodologia Desenvolvimento Bocal de Base Comunitária, e a sua importância para as comunidade.

Não perca, faça a sua inscrição!

Logotipo POAT 2020

ADEPE visita projetos de valorização das comunidades costeiras na Galiza

Uma delegação da ADEPE – Associação para o Desenvolvimento de Peniche, encabeçada pelo presidente da direção Joaquim Pequicho, deslocou-se recentemente à Galiza, para tomar contacto com alguns dos projetos dinamizados pela congénere GALP Seo Fisterra Muros-Nóia.

Durante a visita, a comitiva documentou-se sobre várias iniciativas de valorização do território e dos produtos locais, em particular os projetos "Mar Galaica Turismo Mariñeiro" (rota turística de promoção da cultura marítima) e "Km Zero" (marca que reconhece os restaurantes que privilegiam os produtos locais, obtidos por métodos artesanais e sustentáveis).

No âmbito do projeto “Mar Galaica”, o foco incidiu particularmente sobre a "Rota dos Faróis", cujo modelo de promoção do território serve de caso de estudo para a implementação do projeto "Pharos - Guardiões do Mar", que está a ser desenvolvido pela ADEPE.

Na opinião de Joaquim Pequicho, «a visita revelou-se de enorme interesse para o projeto "Pharos". Não só constatámos, a partir do exemplo galego, a relevância que este tipo de iniciativas tem ao nível da afirmação do território, como também retirámos muitas ideias que poderão acrescentar valor ao projeto que estamos a implementar».

Enquanto entidade gestora do Grupo de Ação Local (GAL) Pescas Oeste, a ADEPE canaliza um pacote de apoios financeiros públicos para projetos ligados ao mar e à valorização dos territórios e comunidades da região entre Peniche e Alcobaça, dinamizados por entidades públicas e privadas, tendo em vista a execução da Estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária Costeira.

GAL Pesca Oeste Visita Galiza GAL Pesca Oeste Visita Galiza

GAL Pescas Oeste recebe visita de investigadores polacos

Intercâmbio visou projetos de valorização de produtos da pesca em Peniche e Nazaré

Representantes do Instituto Nacional de Investigação Marinha e Pescas (INIMP) de Gdansk, Polónia, estiveram na região Oeste para visitar projetos financiados pelo Grupo de Ação Local Pesca Oeste, cuja entidade gestora é a ADEPE – Associação para o Desenvolvimento de Peniche. A comitiva polaca visitou o CETEMARES, Centro de I&D, Formação e Divulgação do Conhecimento Marítimo do Politécnico de Leiria, em Peniche, onde recolheu informação sobre os vários projetos em curso na área da ciência e da tecnologia do mar. O principal foco, contudo, centrou-se no premiado “Pilado Add Value”, financiado pelo PROMAR através do GAC Oeste (2007-2013), um projeto de investigação sobre o aproveitamento do caranguejo pilado - espécie sem valor comercial e que, capturado nas redes de pesca, era devolvido ao mar - para a indústria farmacêutica e de cosmética, promovendo assim um circuito de valorização envolvendo os pescadores, a ciência e as empresas de base tecnológica. A visita à região Oeste incluiu ainda uma deslocação ao Museu Vivo do Peixe Seco, na Nazaré, outro projeto financiado pelo GAL Pescas, sob iniciativa do executivo local. Os investigadores polacos tiveram oportunidade de contactar com as peixeiras que continuam a preparar este produto tradicional com as técnicas artesanais, apoiadas por uma infra-estrutura de suporte sanitário e ambiental, e a comercializar o pescado, seja no chamado “estendal” (em frente ao edifício Antiga Lota, onde se situa hoje o Centro Interpretativo do Peixe Seco), seja em mercados de proximidade. Segundo Adam Mytlewski, chefe de departamento de Economia de Pescas, o INIMP está envolvido no projeto europeu BE-Rural, que pretende incentivar a economia circular usando os biorrecursos de cada comunidade. «Esta nossa visita acontece porque estamos interessados em conhecer projetos e pessoas que, recorrendo às práticas tradicionais, contribuam para a valorização dos produtos alimentares locais e, em particular, das pescas», referiu aquele responsável. Para além do GAL Pescas Oeste, os investigadores polacos visitaram iniciativas desenvolvidas pelo GAL Além Tejo (Litoral Alentejano).

GAL Pesca Oeste Visita Nazaré GAL Pesca Oeste Visita Peniche

"PHAROS: GUARDIÕES DO MAR"

Promotor: ADEPE - Associação para o Desenvolvimento de Peniche

“Pharos: Guardiões do Mar” é o mais recente projeto da ADEPE – Associação para o Desenvolvimento de Peniche, que envolve o património associado à sinalização marítima no território abrangido pelos concelhos de Peniche, Óbidos, Caldas da Rainha, Alcobaça e Nazaré.
A iniciativa, resultante de uma candidatura ao programa operacional Centro 2020, visa a valorização da cultura costeira desta região, tendo como pontos de partida os guardiões da segurança dos homens do mar: os faróis, farolins e fachos (pontos de sinalização da costa com recurso a fogueiras ou iluminação de carácter não permanente). Estes elementos de sinalização costeira destacam-se na paisagem pela sua imponência e pela carga simbólica que ainda mantêm, associados a lendas e narrativas que importa preservar para as gerações futuras.
No âmbito do “Pharos”, os faróis do Cabo Carvoeiro e da Berlenga, o farolim da Nazaré no Forte de S. Miguel, os farolins de sinalização de entrada nas barras da Nazaré e de Peniche, e os “fachos” que pontuam a toponímia da linha costeira serão alvo de um levantamento de informação histórica, apoiado por registos audiovisuais e recolha de testemunhos da tradição oral.
Do projeto resultará a criação do roteiro “Guardiões do Mar”, disponível através de um site dedicado e de uma aplicação para smartphone, com potencial de utilização turística por nacionais e estrangeiros. Estas plataformas apresentarão os conteúdos informativos sobre cada um dos pontos de alavanca (os faróis e farolins), com forte suporte de imagem em vídeo e fotografia, bem como informação adicional sobre a região onde se inserem (património edificado e natural, alojamento e restauração, atividades culturais e de animação turística complementares).
Para além da sua georeferenciação, os locais serão alvo de valorização através de sinalética (com logotipo “Pharos”), reforçando assim a sua marca no território.
De acordo com o presidente da direção da ADEPE, Joaquim Pequicho, «pretende-se com o projeto “Pharos” a criação e a dinamização de um plano operacional de promoção destes icónicos elementos da cultura marítima da nossa região, com um carácter de marketing territorial, promovendo uma imagem identitária comum aos vários município do território abrangido pelo GAL Oeste [Grupo de Ação Local Pesca do Oeste]».

O “Pharos: Guardiões do Mar” é promovido pela ADEPE, em parceria com os municípios da Nazaré, Alcobaça, Caldas da Rainha, Óbidos e Peniche, sendo financiado pelo FEDPER, através do Programa Operacional Centro 2020 e estará em desenvolvimento até maio de 2023.

INVESTIMENTO TOTAL/ELEGÍVEL
€ 49.956,45

FEDER
€ 42.462,98

Projeto financiado pelo FEDER/CENTRO 2020

Saiba mais aqui

Projeto "PROVALGAS@OESTE: PROMOÇÃO E VALORIZAÇÃO DAS ALGAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL" apresentado no dia 31 de maio, Dia Nacional do Pescador

Promovido pelo Politécnico de Leiria, com o apoio da ADEPE/GAL Pesca Oeste / MAR2020, inserido com o objetivo de promover projetos locais de qualidade, o "PROVALGAS@OESTE" tem por objetivo a promoção e a sensibilização para incentivar a restauração local para a criação de menus identitários da comunidade costeira do oeste associado às algas e, desta forma, potenciar os benefícios associados ao seu consumo.

Custo total do projeto: € 27.948,13

Taxa de apoio público: 85%

Comparticipação FEAMP: € 23.544,99

Saiba mais em https://www.adepe.pt/gal_pesca_oeste/projetos_apoiados_mar2020.html

ADEPE COM NOVA DIREÇÃO

Joaquim Pequicho assume presidência da ADEPE

“A ADEPE – Associação para o Desenvolvimento de Peniche elegeu os novos órgãos sociais para o triénio 2022/24, em assembleia realizada no passado dia 21 de janeiro.
A CERCINA – Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inclusão da Nazaré, através do seu presidente Joaquim Pequicho, assume a presidência da ADEPE, numa direção composta ainda por Jorge Abrantes (vice-presidente), por Humberto Jorge, da OPCENTRO (secretário) e por Elísio Caneira, do Sindicato dos Trabalhadores da Pesca (tesoureiro) e por Ana Cláudia Silva em representação da CERCIPENICHE (vogal)
A mesa da Assembleia Geral é composta pela Mútua dos Pescadores (João Delgado, presidente), pela ACOMPANHA – Cooperativa de Solidariedade Social (Madalena Malheiros, vice-presidente) e pelo Clube de Ténis de Peniche (Guilherme Pereira, secretário).
O Conselho Fiscal é presidido por Jorge Amador, representante da Junta de Freguesia d'El Rey.

Criada em 1995, a ADEPE tem como principal objetivo promover ações de incentivo ao desenvolvimento económico, técnico, social e cultural dos seus associados e da população do concelho de Peniche e da região.

Para o próximo triénio, a nova direção tem como principais objetivos: a afirmação da ADEPE no território regional; continuar a apoiar a comunidade, nomeadamente ao nível da formação e da prestação de novos serviços e mediação de programas de financiamento; e executar em pleno a Estratégia de Desenvolvimento Local - EDL promovida pelo GAL Pesca Oeste e do qual a ADEPE é Entidade Gestora no âmbito do PT2020, e promover em conjunto com os parceiros a construção de uma EDL que permita dar resposta aos desafios atuais constituindo-se o GAL Pesca para o território do Oeste no âmbito no novo quadro comunitário (PT2030)”

Parceria da GAL Pesca Oeste reuniu na Nazaré

Pacote de apoios públicos de três milhões de euros dinamizam projetos ligados à pesca e à valorização dos territórios e comunidades costeiras do Oeste

Os parceiros que integram o Grupo de Ação Local Pesca (GAL) Oeste reuniram-se no passado dia 17 de novembro, na Nazaré, para analisar a execução da Estratégia de Desenvolvimento Local de Base Comunitária Costeira no período 2014-2021 e discutir a continuidade da parceria no horizonte 2021-2027.

Neste âmbito foi efetuada a apresentação dos dados de compromisso e execução deste GAL. Para Jorge Abrantes, vice-Presidente da ADEPE, é possível concluir que o balanço dos seis anos de exercício «é positivo», na medida em que «os cerca de 3,1 milhões que constituíam a dotação financeira do GAL Pesca Oeste permitiram aprovar várias dezenas de candidaturas de todos os municípios que integram a parceria, sempre tendo como pano de fundo a pesca».

Já quanto ao horizonte 2021-2027, Jorge Abrantes acredita que será dado seguimento ao caminho iniciado em 2007, com o então Grupo de Ação Costeira. «O ano 2022 será decisivo para a clarificação de quais os GAL Pesca que vão ser aprovados e apoiados. O que sinto da generalidade dos membros desta parceria é que tudo deve ser feito no sentido de prosseguir com esta experiência que tem tido bons frutos»

Recorde-se que o GAL Pesca Oeste conta já com 39 projetos aprovados correspondente a montante total de apoio público de 2,6 milhões de euros.

A Direção da ADEPE e seus colaboradores manifestam o seu sentido e profundo pesar pelo falecimento do Presidente e amigo Professor Rogério Cação.

É um momento de enorme tristeza, em particular para a família que merece toda a nossa solidariedade e apoio num momento tão difícil.

Agradecemos ao amigo Rogério o seu envolvimento e disponibilidade por ter apoiado a ADEPE desde a sua criação e contribuído afincadamente para o encontro de soluções em prol do Desenvolvimento de uma comunidade.

As mais sinceras condolências à família.

Até sempre amigo Rogério Cação.