Topo da Página

PHAROS – GUARDIÕES DO MARPHAROS – GUARDIÕES DO MAR

Apresentação

O projeto PHAROS – Guardiões do Mar tem como objeto central a valorização e promoção dos faróis, farolins, fachos e outros elementos que serviam/servem de apoio à navegação marítima e que são intrínsecos à cultura costeira de cada município acabando por ser um elemento comum conferindo uma identidade da cultura costeira do Oeste.
Os elementos alvo do presente projeto, construídos pelo homem ou sendo elementos naturais, têm vindo a ser utilizados e adaptados pelo homem para apoio às atividades de navegação marítima, quer de caráter profissional ou de lazer, e apresentam-se com uma índole patrimonial e cultural de enorme relevância.
Através deste projeto pretende-se a criação e dinamização de um plano operacional de promoção destes icónicos elementos da cultura marítima do oeste, com um carácter de marketing territorial, promovendo uma imagem identitária comum aos vários municípios do território.

Parceria

  • ADEPE – Entidade Promotora
  • Município da Nazaré
  • Município de Alcobaça
  • Município das Caldas da Rainha
  • Município de Óbidos
  • Município de peniche

Território

O GAL Pesca Oeste abrange 5 Municípios integrados na NUT III Região Oeste. Assim, o território elegível considera as seguintes freguesias:
Alcobaça: Freguesia de São Martinho do Porto e UF de Pataias e Martingança
Caldas da Rainha: Freguesias Foz do Arelho, Nadadouro, UF de Caldas da Rainha - Santo Onofre e Serra do Bouro e UF de Tornada e Salir do Porto
Nazaré: Freguesias de Famalicão e Nazaré
Óbidos: Freguesias de Amoreira, Vau, Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa
Peniche: Ferrel, Atouguia da Baleia e Peniche

Objetivos:

  • Criação e dinamização de um plano operacional de promoção destes icónicos elementos da cultura marítima do oeste, com um carácter de marketing territorial, promovendo uma imagem identitária comum aos vários municípios do território;
  • Aumentar o conhecimento destes elementos junto do público-alvo interno (comunidades residentes no território) e externo potenciando-se a procura turística, através da incrementação do seu valor, possibilitando um aumento da notoriedade;
  • Criação de uma dimensão de interesse turístico em torno destes “guardiões do mar”, posicionando-os como novos produtos turísticos orientados através da sua promoção patrimonial imaterial;
  • Alavancagem da economia local através da promoção dos negócios turísticos existentes em torno dos elementos objeto do projeto;
  • Promover a salvaguarda deste património cultural enquanto catalisador de desenvolvimento local e regional pela maior diversidade na oferta cultural e turística;
  • Promoção da tomada de consciência de uma identidade cultural comum;
  • Alavancar o desenvolvimento sustentável destes territórios, contribuindo para a sua revitalização económica e para a preservação do seu património natural e cultural.

Período de execução

  • Data de início: 01-07-2021
  • Data de fim: 31-05-2023

Projeto financiado pelo FEDER/CENTRO 2020

Projeto financiado pelo FEDER/CENTRO 2020